Andressa Urach diz que Igreja Universal levou sua alma ao inferno

Andressa Urach diz que Igreja Universal levou sua alma ao inferno


A lavagem de roupa suja por parte de Andressa Urach contra a Igreja Universal do Reino de Deus ganhou um novo capítulo após a Record TV do Rio Grande do Sul decidir demiti-la. A modelo, escritora e ex-garota de programa declarou que sente que sua alma foi levada para o inferno

Na última sexta-feira, 13 de novembro, Andressa Urach publicou um desabafo em sua conta no Instagram, afirmando que sofreu lavagem cerebral na instituição liderada pelo bispo Edir Macedo.

“Depois de 6 anos de lavagem cerebral onde me fizeram acreditar que eu tinha que dar meu tudo para Deus… Me levaram praticamente tudo que eu tinha, foi mais de uma (sic) milhão e meio de reais que doei nesses últimos anos para a instituição, fora o meu amor e tempo que dediquei como todos sabem e agora que não tenho mais dinheiro para dar, ainda fui demitida da Record. […] Parabéns igreja universal por levar minha Alma ao inferno! Parabéns!”, escreveu Andressa Urach.

Recentemente, a escritora revelou detalhes de sua saída da Igreja Universal e afirmou que quer receber de volta as doações que fez à instituição, considerando inclusive entrar na Justiça caso considere necessário.

Alegando desgaste, Andressa Urach disse ter deixado a Igreja Universal por conta de se sentir excluída devido ao seu passado: “Gente eu não escondo nada de ninguém. Nos últimos meses, passei por uma decepção tão grande que não consegui nem estudar. Vou ter que trancar a faculdade de jornalismo, pois não tenho cabeça para pensar sobre isso”.

“Dediquei meus últimos seis anos da minha vida para Jesus, como todos sabem, mas acabei me sentindo como um objeto descartável, nunca me senti assim, nem no tempo da prostituição”, declarou. “Conversei amigavelmente com a igreja para eles me devolverem as doações que fiz nos últimos anos, mas infelizmente não tive retorno ainda, não queria entrar na Justiça”, acrescentou, na ocasião.





Notícias Gospel Mais https://noticias.gospelmais.com.br/

Deixe uma resposta