Microbiologista cristão está desenvolvendo vacina contra covid-19

Microbiologista cristão está desenvolvendo vacina contra covid-19


A grande ansiedade para a conclusão de uma vacina contra o novo coronavírus tem levado a disputas políticas e comerciais, resultando em polêmicas sobre a obrigatoriedade do uso do imunizante. Ao mesmo tempo, um doutor em microbiologia que também é sacerdote cristão está desenvolvendo uma opção de baixo custo para vacinar a população.

Nicanor Austriaco é doutor em microbiologia e professor de Biologia e Teologia no Providence College, no estado de Rhode Island (EUA). Ele também é padre da ordem dominicana e adotou uma estratégia que permite o armazenamento da vacina sem refrigeração, um dos problemas que envolvem os imunizantes que estão sendo desenvolvidos pelas farmacêuticas a partir do uso de células obtidas em abortos.

A pesquisa do padre Nicador Austríaco foi batizada de “Projeto Pagasa” e tem como principal característica o baixo custo, em contraste com as vacinas que estão sendo desenvolvidas pela indústria farmacêutica.

De acordo com informações da agência ACI Stampa, a vacina proposta pelo sacerdote é à base de levedura, o que dispensa a refrigeração e demanda a aplicação via oral, ao invés de injeção. O imunizante ainda está em desenvolvimento inicial, e precisa passar por muitas fases de aprimoramento.

Austriaco afirmou que pretende pedir aprovação do governo norte-americano somente se os testes em animais forem concluídos com bons resultados, e ele próprio estima que a fase de estudos ainda demorará meses: “Ainda está em estágios de desenvolvimento pré-clínico, e terá que ser testado em animais antes de podermos falar em voluntários humanos”, disse o microbiologista.

Trajetória

O padre microbiologista é formado em Bioengenharia pela Universidade da Pensilvânia em 1989 com alta qualificação. Ele também estudou no renomado Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT, na sigla em inglês) em 1996. No ano seguinte, ele decidiu entrar na ordem dominicana e passou a se dedicar aos estudos para se tornar sacerdote, onde fez doutorado em Liturgia pela Universidade de Friburgo, Suíça, em 2005.





Notícias Gospel Mais https://noticias.gospelmais.com.br/

Deixe uma resposta