Croácia sofre 2 terremotos seguidos e missionário pede orações

Croácia sofre 2 terremotos seguidos e missionário pede orações


O pastor Frederico Silva, missionário na Croácia, pediu orações pela situação do país e também por ele e a família, após os terremotos registrados ontem, 28 de dezembro, com 5,2 graus na escala Richter, e outro na manhã desta terça, com 6,3 graus.

O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) informou que o tremor da última segunda-feira teve epicentro em uma área 8 quilômetros a oeste da cidade de Petrinja. A região fica a cerca de 50 quilômetros ao sudeste da capital do país, Zagreb.

De acordo com informações da CNN Brasil, a televisão estatal croata usou dados do Centro Sismológico do Mediterrâneo Europeu para confirmar o tremor. Já o USGS indicou que a origem do terremoto se deu a 10 quilômetros de profundidade.

Frederico Silva, que está na Croácia em missão, relatou que o primeiro tremor ocorreu bem cedo: “Fomos acordados às 6h28 da manhã, com um terremoto muito forte. Sentimos bastante, o nosso apartamento tremeu muito. A intensidade foi grande, muito maior que o de março. Pedimos as suas orações por mim, por Darleide, por Fabiane, pelos irmãos, pela Igreja da Croácia, pelo povo croata. Que o Senhor esteja nos guardando, que esteja guardando esta nação”, comentou.

Em março, o tremor em Zagreb alcançou 5,3 graus, e a situação se tornou complexa por conta do confinamento imposto pelas autoridades por conta da pandemia de covid-19.

O depoimento do pastor Frederico, gravado ontem, adiantava uma expectativa que se confirmou nesta terça-feira, 29 de dezembro: “Há uma previsão dos sismólogos de outro terremoto enorme, de 8,0 na escala Richter e, segundo eles, poderia até destruir Zagreb […] Mas nós sabemos, irmãos, que Deus é quem controla os tempos e as épocas. Então, contamos com as orações dos santos da Igreja aí no Brasil”, comentou.

Conforme o portal Terra, o terremoto desta terça ocorreu novamente em Petrinja, derrubando edifícios na cidade e danificando outros também em Zagreb e Sisak. A intensidade deste segundo tremor foi tão grande que ele foi detectado pelo Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia (INGV) da Itália, que emitiu alertas em toda a costa do Mar Adriático, de Trieste a Abruzzo.

Há relatos de que o reflexo do terremoto foi sentido nas cidades italianas de Bolzano, Nápoles e na região do Vêneto. Os bombeiros, no entanto, apontam que não há danos nestes locais.

Assine o Canal
Edifícios danificados e tráfego interrompido pelo terremoto; Foto: reprodução/Google





Notícias Gospel Mais https://noticias.gospelmais.com.br/

Deixe uma resposta