congregação é isolada após membro testar positivo

congregação é isolada após membro testar positivo


A nova variante do coronavírus responsável pela Covid-19 foi encontrada em um fiel que compareceu à congregação no último domingo, 03 de janeiro, resultando no isolamento de todos os que estiveram presentes.

O caso foi registrado na cidade de Stafford, condado de Staffordshire, na Inglaterra. Um frequentador da Igreja de St Austin testou positivo para a Covid-19 depois de ter comparecido à missa do domingo.

Por precaução, as autoridades entraram em contato com a congregação por telefone para avisar aos membros que se coloquem em isolamento para conter o contágio, conforme informações da imprensa local.

O porta-voz da igreja afirmou, através de um comunicado publicado no Facebook, que as medidas sugeridas foram acatadas: “Seguindo o conselho dado pelo NHS por telefone, e as orientações dadas no site, acreditamos ter contatado todos os que compareceram a esta missa, informando-os da situação e a necessidade de isolar por dez dias”, diz o texto.

NHS é o serviço nacional de saúde do Reino Unido, similar ao SUS no Brasil. Em outra manifestação, o pároco da igreja reiterou que a igreja tem “estado em contato com as agências do NHS e contatado todos os que estiveram presentes no serviço”.

Devido ao incidente, a igreja confirmou que as missas do resto da semana foram canceladas. Com as celebrações anunciadas na próxima semana, inclusive no próximo sábado e domingo canceladas.

O Reino Unido está sob as restrições do Nível 4, em que as pessoas podem frequentar as igrejas católicas, anglicanas e evangélicas para um culto, assim como outros templos. No entanto, as pessoas não devem se misturar com ninguém fora de sua casa ou contato próximo, ao mesmo tempo que aderem ao distanciamento social estrito em todos os momentos, segundo informou o portal Staffordshire Live.





Notícias Gospel Mais https://noticias.gospelmais.com.br/

Deixe uma resposta