Selo do rei bíblico Jeroboão é autenticado por cientistas em Israel

Selo do rei bíblico Jeroboão é autenticado por cientistas em Israel


Artefatos que remontam o tempo do antigo Israel, antes de Cristo, já foram encontrados diversas vezes por arqueólogos do mundo inteiro. Entretanto, o reconhecimento de um deles como autêntico, como ocorreu com um selo do rei bíblico Jeroboão, é algo ainda mais espetacular.

Isso porque a confirmação de autenticidade de um artefato arqueológico que cita personagens bíblicos constitui uma prova evidencial  sobre a veracidade dos relatos da Bíblia, quer do Antigo ou do Novo Testamentos.

Após vários anos, o Prof. Yuval Goren, da Universidade Ben-Gurion, publicou um estudo que ratifica, por exemplo, a veracidade de um selo que foi usado na época do rei bíblico Jeroboão II, datado do século VIII aC.

“Este selo é um dos primeiros, senão o mais antigo, selo inscrito na Terra de Israel”, disse Goren ao The Times of Israel. O artefato foi descoberto em 1980, mas só após todos esses anos foi autenticado, visto que por muito tempo acharam que ele não teria valor por ter sido comprado clandestinamente por alguns centavos mediante um comerciante beduíno.

O selo possui gravado em sua superfície um leão rugindo, de cauda levantada, sobre a qual está uma inscrição paleo-hebraica, “l’Shema eved Yerov’am” (pertencente a Shema, o servo / ministro de Jeroboão, que governou entre 788 aC e 748 aC.).

A maior dificuldade na avaliação do selo, segundo o Dr. Goren, foi devido à fabricação da peça, até então realizada por uma tecnologia da antiguidade desconhecida. Com a identificação de como ele foi formado foi possível reconhecer a sua origem e veracidade.

“Como a tecnologia nunca foi examinada antes, havia muitas suposições, mas ninguém tinha verificado, por exemplo, a consistência da argila, como eles montavam as cordas dentro da bula se ela fosse usada para selar documentos”, disse Goren, segundo informações do Jerusalem Post.

Além de Goren, também participaram do estudo de autenticação do selo bíblico os cientistas Shmuel Ahituv, os geólogos Dr. Avner Ayalon e a Dra. Mira Bar-Matthews do Geological Survey of Israel, e o arqueólogo IAA Orit Shamir.





Notícias Gospel Mais https://noticias.gospelmais.com.br/

Deixe uma resposta